Postado em 18/05/2022

2629 visualizações

Cartolina escolar – Saiba tudo sobre esse tipo de papel

cartolina-escolar-imagem-principal

No dia a dia das salas de aula, é muito comum se deparar com alunos de diferentes idades criando diversos tipos de trabalhos em uma folha que se assemelha ao tradicional sulfite, mas possui dimensões maiores. Trata-se da cartolina escolar, um tipo de papel utilizado para escrever, desenhar, pintar, colar, recortar, entre outras atividades manuais.

Em outras palavras, é um item que se faz presente tanto no universo escolar quanto do artesanato. Na educação infantil, as crianças aproveitam aquele mundo de folha em branco para deixar as marquinhas das mãos e dos pés mergulhados em tinta, rabiscar com giz de cera e colorir com lápis de cor. 

Geralmente, o exercício é feito junto com os coleguinhas. Desse modo, além de contribuir para o desenvolvimento da coordenação motora fina, atenção, paciência, criatividade e proporcionar o conhecimento sobre cores, formas e texturas, promove a socialização. Afinal, a garotada passa horas em torno da folha, compartilhando materiais e ideias. 

Quando chegam no ensino fundamental, é comum o desafio de criar cartazes com canetinhas, marcadores de texto, recortes de jornais ou revistas e sobras de tecido, por exemplo. O melhor é que a cartolina escolar está disponível em diversas cores, favorecendo a elaboração de projetos originais e com visual rico.

Tipos de cartolina escolar

A cartolina é um material intermediário entre o papel e o papelão que possui ambos os lados da mesma cor. Todavia, muitas vezes, confunde-se com outros tipos de papéis como o cartão e o color set. Para que não haja mais dúvidas, levantamos as principais características de cada um.

O papel cartão é duplo e cada uma das suas superfícies possui uma cor. Outra diferença significativa é a espessura: se a folha tiver gramatura acima de 180g/m² é cartão, caso contrário, cartolina. É considerado um papel especial, sendo utilizado em projetos mais sofisticados como cartões de visita, calendários, caixas para presente, cachepôs, cartões personalizados, lembrancinhas, quadros, móbiles, entre outras aplicações.

papel-cartao-fosco-48x66-spiral

Conhecido também como Cartaz, é encontrado com as medidas de 48×66 cm como é o caso do papel cartão fosco Spiral e também com 50×70 cm, um tamanho bastante utilizado. Como já mencionado, é bicolor, isto é, uma das faces apresenta cor parda como a do papelão e, a outra, branca, preta, azul, amarela, rosa, vermelha ou laranja em tons vivos. É um material considerado bastante resistente.

papel-color-set-48x66-moopel

Por outro lado, o papel color set se assemelha à cartolina escolar por apresentar ambas superfícies da mesma cor. Contudo, mede 48×66 cm e, assim como o papel cartão, possui cores fortes, incluindo as fluorescentes. Então, é possível encontrar folha branca, preta, vermelha, verde-escuro, verde-bandeira, amarela, laranja, azul-cobalto, azul-turquesa, pink, ouro, entre outras tonalidades. Utiliza-se muito em dobraduras, recortes, colagem e demais trabalhos artesanais.

Qual é o tamanho de uma cartolina?

Com a cartolina escolar, a diversão é multiplicada, uma vez que é uma folha grande de papel. Suas medidas são de 50×66 cm, ou seja, tem espaço para contar muitas histórias, o que é um verdadeiro estímulo à criatividade da criançada. 

Qual é a gramatura da cartolina?

Em primeiro lugar, você sabe o que significa a gramatura de um papel? Trata-se do peso da folha que é mensurado em gramas por metro quadrado. Esta característica está diretamente relacionada à espessura; em outras palavras, quanto maior o peso, mais grosso o papel. 

Na prática, essa informação é importante para que se possa fazer a escolha certa do item que será utilizado para escrever ou desenhar na cartolina. Se for uma canetinha ou marcador de texto cuja tinta passa para o outro lado papel, é preciso, portanto, optar por uma folha de maior gramatura. Caso contrário, pode borrar ou até rasgar, prejudicando o resultado final do trabalho. 

cartolina-150-gramas-50x66-cores-mistas-card-set-spiral

No caso da cartolina escolar, geralmente, encontra-se com 150g/m² ou 180g/m². O pacote de cartolina Spiral, por exemplo, é composto por 10 folhas de cores mistas (amarela, azul, branca, rosa e verde) com gramatura de 150g/m². Com preço bem acessível, é perfeito para quem usa com frequência ou tem mais de uma criança em fase de aprendizado.

Quais as cores da cartolina escolar?

Como vimos, a cartolina tem as duas faces de mesma cor, o que a difere do papel cartão. Por outro lado, em relação ao color set, se distingue pela nuance das cores. Se o primeiro tem opções vibrantes como as fluorescentes, a cartolina está disponível nas principais papelarias e lojas do ramo em tons mais clássicos.

cartolina-150-gramas-card-set-spiral

A linha de cartolina 150g card set Spiral oferece folhas em cores como amarelo, azul, branco, rosa e verde. Todavia, é possível encontrar também em tons pastel para quem gosta de desenvolver projetos mais delicados. 

Materiais para usar em cartolina escolar

Agora que você já sabe tudo sobre o papel, deve estar em dúvida quanto ao que comprar para que as crianças possam realizar as suas atividades tanto em casa quanto na escola. Sendo assim, fizemos uma lista com os itens mais usados. São produtos de marcas conceituadas que prezam pela qualidade e também segurança dos jovens artistas. Vamos conhecê-los?

Giz de cera

O primeiro item da nossa lista é o giz de cera, uma das primeiras ferramentas para colorir que é apresentada aos pequenos. Isso porque possui formato que se adapta às mãozinhas, proporcionando maior conforto durante o uso. Além disso, a criança consegue pintar independente da forma que segure, pois todo o corpo é pigmentado. 

giz-de-cera

Por fim, é um produto livre de substâncias tóxicas, ou seja, é muito seguro. É encontrado em caixas com 6, 12, 15 ou mais opções de cores que vão desde as tradicionais às metálicas, neon e até com glitter.

Lápis de cor

Na medida em que as crianças vão desenvolvendo a coordenação motora fina, adquirem maior domínio dos instrumentos. Dessa forma, torna-se mais fácil manusear outros tipos de materiais como é o caso do lápis de cor. Fabricado a partir de cera, água, pigmentos e caulim, está disponível em três formatos: redondo, triangular e sextavado. 

lapis-de-cor

O primeiro gira facilmente pelos dedos, entretanto, é mais comum deslizar pela mesa, cair e quebrar. Em contrapartida, isso não acontece com os dois últimos que, por terem corpo com divisões, oferecem mais firmeza ao segurar. Estão disponíveis em estojos com 10, 12, 24, 36, 48, 50, 60, 72 e 100 cores, entre as tradicionais, metálicas, neon, pastel e tons de pele. 

Canetinha escolar

A canetinha escolar é um tipo de caneta com ponta de feltro e corpo tubular onde armazena-se um material esponjoso que contém a tinta. Há modelos produzidos com álcool, porém, aqueles que são à base de água (também conhecidos como hidrocor ou caneta hidrográfica), são os mais indicados para crianças, pois são atóxicos. 

canetinha-hidrografica

Ao comprar uma caixa de canetinhas, é importante observar o tipo de ponta. Se for fina e reta, garante traços precisos; portanto, é perfeita para contornar e escrever; já a grossa, é excelente para colorir. O mais legal é que no caso de algumas marcas, há as duas pontas em um único produto. O mesmo acontece com as cores: algumas são bicolores. 

Tinta guache

Entregue um pincel e um potinho de tinta guache nas mãos de uma criança e veja como ela se diverte sobre a folha de cartolina. Na verdade, dependendo da proposta do exercício, o utensílio nem se faz necessário: é possível criar mil desenhos com os próprios dedos. 

tinta-guache

Isso porque estamos falando de um produto lavável e atóxico que não causa riscos à saúde. O artigo é vendido em potes individuais de 250 ou 500 ml, sugerido para os artistas maiores, e em kits com 6 ou 12 unidades de 15 ml, ideal para os pequenos. Além das cores básicas, há opções em neon e com glitter.

Tesoura Escolar

Mais do que escrever, desenhar e pintar, dá para trabalhar de outras formas com a cartolina; uma delas é recortando-a. Para isso, é preciso providenciar uma tesoura, mas não aquela usada pelos adultos. Há modelos menores, específicos para o público infantil, compostos por lâminas de plástico, fibra de vidro ou aço inox e cabo de plástico ou polipropileno.

tesoura-escolar

Até os 6 anos de idade, indica-se o uso das tesouras de plástico enquanto as de aço são apropriadas para as que detém maior domínio ao manipular os objetos. Independente do material, a ponta é sempre arredondada, reduzindo as chances de acidentes. As lâminas tradicionais são retas, no entanto, tem também aquelas com ondulações e outros desenhos irregulares chamadas de decorativas.

Importante destacar que existem modelos projetados especialmente para os canhotos em que o posicionamento das lâminas é o oposto das tesouras para destros. No geral, são artigos de cores alegres e, conforme a marca, apresentam estampas com os personagens preferidos da garotada. 

Cola branca

Se dá para recortar, por que não brincar de colar? Esta é outra atividade bem divertida que permite combinar pedaços de cartolina de diferentes cores, além de outros materiais como palitos, botões, algodão, barbante, fios de lã, glitter e retalhos de tecido. 

cola-branca-cola-escolar

Para isso, não pode faltar um item básico, a cola branca ou cola escolar. Trata-se de uma substância produzida a partir de três derivados do petróleo: álcool polivinílico, persulfato de amônio e acetato de vinila, um líquido incolor com propriedades adesivas. Está disponível em embalagens de tamanhos variados e conta com um bico que torna sua aplicação muito prática e rápida.

Onde comprar cartolina escolar

A cartolina é um tipo de papel que se adquire facilmente em qualquer papelaria. Contudo, para quem está buscando o melhor preço, sem dúvida, a Kalunga é o lugar certo. Nas mais de 220 lojas distribuídas pelo Brasil ou no site Kalunga, o que não falta é variedade de produtos e marcas. Então, aproveite os descontos especiais para comprar tudo o que seu filho precisa para soltar a imaginação e criar verdadeiras obras de arte.