Postado em 20/09/2021

1270 visualizações

Red Canids Kalunga – Equipe brasileira classifica-se para Mundial

Equipe Red Canids Kalunga – Foto: Bruno Alvares / Rio Games

No dia 4 de setembro de 2021, a equipe de eSports patrocinada pela Kalunga, Red Canids Kalunga, venceu o adversário goiano Rensga por 3 a 1 na final do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL), no Rio de Janeiro. 

Com o título de campeã nacional, a matilha vermelha classificou-se para o Worlds 2021 que acontecerá na Europa. Segundo a Riot Games, organizadora do evento, o início do Mundial está previsto para 5 de outubro de 2021 em Reykjavík, na Islândia. 

A escolha pela ilha vulcânica localizada no Atlântico norte entre a Noruega e Groenlândia, contraria a ideia inicial de realizar a competição em cinco cidades chinesas. Entretanto, a mudança fez-se necessária diante dos protocolos de segurança impostos pela pandemia de Covid-19. 

Como o time brasileiro não perde tempo, a  equipe formada pelo JG Gabriel Saes (Aegis), MID Adriano Perassoli (Avenger), TOP Rodrigo Ruiz (Guigo), SUP Gabriel Dzelme (Jojo), ADC Alexandre Lima (Titan) e o couch Coelho Rabaiolli já está na Espanha para o bootcamp. 

A escolha pelo país da península Ibérica para ser o centro de treinamento intensivo dos jogadores que irão representar o Brasil no Worlds 2021, deve-se ao fato do país permitir a entrada de brasileiros imunizados.  

Vinte e duas maiores equipes de eSports disputarão o Campeonato Mundial de LoL. O Red Canids Kalunga participará da Fase de Entrada ao lado de nove times divididos em cinco grupos.

Quem conquistar a primeira colocação na Fase de Entrada, passará direto para a Fase de Grupos. Por outro lado, o terceiro e o quarto irão encarar uma Md5 (melhor de 5). O vencedor irá enfrentar o segundo colocado, valendo a vaga para a Fase de Grupos. Por fim, aquele que ficar com o quinto lugar será eliminado da competição.

Red Canids Kalunga

Para entender o surgimento do grupo brasileiro que está se destacando cada vez mais no mercado de esportes eletrônicos, vamos voltar no tempo. No ano de 2015, a Riot Games proibiu que uma mesma organização participasse do Campeonato Brasileiro de League of Legends com mais de uma equipe.

A única organização que possuía dois times era a brasileira INTZ. Dessa forma, o clube optou por vender a INTZ Red que passou a se chamar Red Canids Kalunga. Contudo, rondava um grande mistério em torno dos novos donos até que a imprensa descobriu que se tratavam de parentes dos proprietários da INTZ.

O resultado foi a punição dos executivos da INTZ. A Riot Games os impediu de comparecer aos torneios do CBLoL assim como outros eventos da instituição. Além disso, determinou a venda de um dos times à uma organização sem qualquer vínculo familiar.

E foi assim que o empresário Felippe Corradini, fundador do evento de eSports Brasil Mega Arena, comprou a Red Canids Kalunga. O começo foi de sustos. No 1º split do CBLoL de 2016, a equipe se saiu bem e conquistou o 5º lugar no torneio. Contudo, no 2º split, por pouco não foi rebaixada ao ficar com a 7ª colocação.

No ano seguinte, o time começou a ganhar novos rumos com contratações importantes como a de Felipe “brTT” Gonçalves, Felipe “YoDa” Noronha e do Gabriel “Tockers” Claumann, por exemplo. A equipe venceu o 1º split do CBLoL, classificando-se para o torneio internacional Mid-Season Invitational.

Em 2018, uma parceria com o Sport Club Corinthians Paulista resultou na alteração do nome da equipe para Red Canids Corinthians. Cerca de cinco meses depois, o empresário João Paulo Garcia tornou-se sócio da Red Canids. O acordo com o Corinthians encerrou-se e a equipe passou a se chamar Red Canids Kalunga.

O que são eSports?

Cada vez mais, cresce o número de apaixonados por jogos eletrônicos não apenas em território brasileiro, mas em todo mundo. Alguns anos atrás, era muito comum uma pessoa enfrentar uma partida sozinho ou reunir os amigos na sala de casa para um combate diante da TV.

Hoje em dia, basta um computador com serviço de internet para que a disputa seja travada com jogadores de qualquer lugar do planeta. E para isso nem é preciso entender o idioma do outro. O segredo é: compreender as regras do jogo e criar estratégias.

Há gamers (assim são conhecidos atualmente) que assumem o console apenas nas horas vagas com o objetivo de se distrair. Por outro lado, temos os jogadores profissionais que dedicam de 8 a 12 horas do seu dia ao treino intenso. Sem falar no tempo que passam estudando técnicas e táticas para derrotar os adversários. 

Diante de tanto empenho, esses jogadores passaram a ser reconhecidos como atletas. E é nesse contexto que surge o eSports ou Esportes Eletrônicos, ou seja, competições de nível profissional de jogos eletrônicos.

São torneios que oferecem premiações em dinheiro e contam com transmissão ao vivo por meio de plataformas de streaming. Os vencedores das disputas ganham notoriedade e são disputados pelos grandes clubes de eSports assim como acontece com os jogadores de futebol.

Aliás, já tem clubes de futebol encarando os jogos digitais. A equipe do Corinthians, por exemplo, foi campeã do Mundial de Free Fire de 2019. No mesmo ano, o Flamengo ganhou o CBLoL e classificou-se para o mundial. Aos poucos, outros clubes vão conquistando espaço, tornando as competições mais acirradas.

League of Legends

Você sabe o que é LoL? É a sigla de um dos games estilo Multiplayer Online Battle Arena (MOBA, Arena de Batalha Online com vários jogadores) mais jogado do mundo: League of Legends. 

A Riot Games desenvolveu o LoL no ano de 2009. De lá pra cá, tornou-se uma febre entre jovens e adultos. Se você ainda não conhece, deve estar se perguntando: o que acontece nesse jogo? A gente explica!

A disputa é travada entre dois times. Cada equipe é formada por cinco jogadores que possuem função e posicionamento específicos: topo (top laner), caçador (jungler), meio (mid laner), atirador (ad carrys) e suporte.

O objetivo é cruzar o mapa, chegar na base adversária e, então, destruir uma construção chamada Nexus. Uma selva e três rotas – superior, meio e inferior – compõem o percurso. Nas rotas, a adrenalina sobe, afinal é onde as equipes se encontram e ocorrem os combates.

Ao entrar no jogo, cada gamer assume um personagem. A escolha não é uma tarefa fácil, pois são mais de 140 opções com habilidades específicas. Portanto, é preciso estudá-las para um melhor aproveitamento.

Para um excelente desempenho, também é necessário conhecer o cenário das lutas, as funções dos jogadores e os campeões que iniciam fracos e vão evoluindo ao longo do jogo com a conquista de ouro e experiências. 

Uma dúvida muito comum: quanto custa o LoL? O download é gratuito. Alguns conteúdos são pagos como as skins, vestimentas que mudam o visual dos personagens. Contudo, não são ferramentas que interferem na performance.

Em resumo, o League of Legends é um jogo de estratégia e cooperação. Ou seja, é preciso saber criar táticas e trabalhar em equipe para derrotar o inimigo. Está disponível para Windows e Mac e tem interface e dublagem em português. 

CBLoL 2021

O Campeonato Brasileiro de League of Legends é a principal competição promovida pela Riot Games no país. Desde a sua primeira edição em 2012, o evento já sofreu várias mudanças.

O torneio de 2021, por exemplo, deu início ao sistema de franquias que permite que as organizações comprem uma vaga. Em outras palavras, as equipes de jogos eletrônicos selecionadas pela Riot tornam-se sócias do CBLoL, criando um vínculo de longo prazo sem risco de rebaixamento.

O processo de seleção demorou quatro meses e foi realizado em diferentes etapas. Os dez times de eSports aprovados foram Cruzeiro, Falkol Prodigy, Flamengo Esports, Furia Esports, INTZ, KaBuM e-Sports, LOUD, paiN Gaming, Red Canids Kalunga e Rensga.

Cruzeiro e LOUD foram a novidade entre os escolhidos. Por outro lado, os fãs do campeonato sentiram falta da Vivo Keyd, uma das equipes de eSports Brasil mais tradicionais, e da Team oNe que conquistou o primeiro lugar na edição de 2017. 

A disputa aconteceu em duas fases: primeiro e segundo split. Em razão da pandemia, todas partidas da primeira fase aconteceram de forma virtual, ou seja, cada jogador em sua casa. Já a segunda, ocorreu no Rio de Janeiro com a vitória da Red Canids Kalunga.

Requisitos para jogar LoL

Agora que você já sabe como funciona o jogo com mais adeptos no mundo, inspire-se nos nossos campeões, Red Canids Kalunga, e entre com tudo no combate. 

Em primeiro lugar, você vai precisar de uma máquina com internet. Tem que ser a mais potente do mercado? Não necessariamente, mas quanto maior a potência do computador, melhor será o seu desempenho.

Os requisitos mínimos para que o League of Legends rode são: processador Intel Core i3-530 ou AMD A6-3650, placa de vídeo GeForce 9600 GT, AMD HD 6570 ou Intel HD 4600, 1GB de VRAM, 2GB de memória RAM, 16GB de espaço disponível em disco, suporte ao DirectX 10, Windows 7, 8 ou 10. 

Agora, se você quer o máximo de performance, aposte, por exemplo, em um processador Intel Core i3-8100 ou AMD Ryzen 5 1600, placa de vídeo AMD Radeon RX 570 ou GeForce GTX 1050, 3 GB de VRAM, 8GB de memória RAM, 16 GB de armazenamento no SSD e Windows 10.

Vale ressaltar que essas são apenas algumas sugestões e não formatações oficiais. Sendo assim, você pode configurar o seu computador de maneira ainda mais potente se assim desejar.

Outro fator importante, é a internet. Não dá para correr o risco do jogo travar em uma jogada decisiva, não é verdade? 

Ao contratar o serviço, atente-se tanto à velocidade de download, ou seja, aquela usada para baixar os dados assim como à de upload, que envia os dados para o servidor. A recomendação mínima para download é de 10 Mbps. Já a velocidade de upload deve ser de 512 kbps a 1 Mbps.   

Computador Gamer

Com o aumento do número de fãs de jogos eletrônicos, o mercado tem investido cada vez mais em produtos específicos, desenvolvidos de acordo com o que esse público precisa. 

O computador gamer Gigapro com processador Intel Dual Core, 8GB de memória, Windows 10 e armazenamento de 1TB é um exemplo. Além da alta capacidade de armazenamento, garante ações ágeis durante todo jogo. 

Entretanto, se você prefere uma opção portátil, o notebook ideapad Gaming 3i da Lenovo é perfeito. Possui processador Intel core i5, sistema operacional Windows 10 Home, placa de vídeo NVIDIA GeForce GTX 1650 4GB, memória de 8Gb com expansão de 32GB e armazenamento de 256 GB.

É um modelo com rápido tempo de resposta, projetado com sistema de refrigeração capaz de suportar muitas horas de jogo. A bateria tem duração de mais de 9 horas e carregamento rápido. Em outras palavras, basta carregar 15 minutos para ganhar mais 2 horas de uso.

A tela é infinita Full HD (1920 x 1080) antirreflexo, garantindo cores vibrantes, maior ângulo de visão e evitando imagens distorcidas. O resultado é uma incrível experiência imersiva a cada partida.

Acessórios Gamer

O mercado gamer, contudo, não se resume em computadores. Há também cadeiras, monitores, teclados, mouses e mouse pads com tecnologia avançada desenvolvida com base nas necessidades dos jogadores. 

Selecionamos alguns acessórios que oferecem exatamente o que você necessita para elevar a qualidade da sua performance e que ainda garantem o máximo de conforto a cada novo confronto.

Cadeira Gamer

A cadeira gamer é um modelo de cadeira de escritório, contudo, possui design muito mais moderno e confortável. Para garantir uma experiência imersiva ao jogador, seu formato é inspirado em assentos de carros de corrida. Há ainda opções personalizadas com temas de jogos e volante acoplado. 

É ergonômica, maior do que os modelos convencionais, e costuma ser fabricada com couro e PVC, materiais de alta durabilidade. Conta com descansos para cabeça, braços e suporte para lombar.

Possui ainda mecanismos de regulagem de inclinação (algumas marcas em até 180º) e altura. Dessa forma, é possível ajustá-la de forma que os pés fiquem apoiados no chão e os joelhos no ângulo de 90º. 

Ou seja, acomoda o jogador com muito mais conforto, mantendo-o na posição ideal sem esforço. Assim, evita-se desconfortos e problemas na coluna.

Monitor Gamer

Verdade seja dita: uma máquina com excelente processador e placa de vídeo não terá seu potencial 100% aproveitado se o painel do monitor for de baixa qualidade. Por isso, considere adquirir um monitor gamer.

O modelo LED de 27 polegadas da AOC, por exemplo, oferece alta definição de imagens e tempo de resposta de 1ms (milissegundo), ou seja, é muito rápido. Para se ter ideia, normalmente, os monitores comuns têm velocidade de 5ms.

Projetado com formato widescreen, garante visão panorâmica das cenas. Ergonômico, apresenta suporte ajustável que permite regular altura, rotação e inclinação. Possui ainda o recurso modo mira que contribui para execução de ações precisas e em alta velocidade. 

Teclado Gamer 

Diferente dos modelos convencionais, o teclado gamer é muito mais rápido, preciso e confortável. Em primeiro lugar, suas teclas são independentes e funcionam por meio de switches (interruptores).

Trata-se de um mecanismo de acionamento de molas posicionado embaixo de cada tecla. Quando uma tecla é pressionada, o switch envia o sinal para o computador, estabelecendo a comunicação.

Geralmente, possuem controles exclusivos de mídia, botões de acesso rápido e estrutura reforçada e de alta durabilidade. O Gamer Lightning LED KE-KG 100 Kross é um exemplo de teclado perfeito para jogadores.  

Apresenta 12 funções multimídia, teclas silenciosas com toque suave e interface USB de fácil instalação. Possui controle de intensidade de luz, permitindo que você regule a iluminação conforme o clima do jogo. 

Mouse Gamer

Já o mouse gamer, diferente dos convencionais que possuem até 3 teclas, chegam a ter 18 botões, entre eles, o fire button que permite realizar de 2 a 3 disparos com apenas um clique.

Costumam ser maiores do que os modelos tradicionais e com formato que garante o encaixe perfeito da palma da mão. Alguns são projetados com materiais que impedem que a mão deslize, proporcionando alta precisão de movimentos.

Mouse Pad Gamer

Para otimizar a ação do mouse, temos o mouse pad. Com superfície de tecido e textura macia, atua como uma espécie de tapete para o hardware. Além de proteger as mãos, proporcionando maior conforto, ajuda o mouse a deslizar com facilidade. 

No site da Kalunga, você encontra modelos de mouse pad personalizados com o logotipo da nossa equipe campeã, Red Canids Kalunga. Possui tecido macio, borracha texturizada na base e bordas com costura reforçada. 

hotsite red canids kalunga

Aproveita e confere também a linha de cadernos Red Canids que só a Kalunga tem! São modelos com capa dura e imagens incríveis para você fazer suas anotações e impedir que qualquer estratégia fuja da mente. 

Mas se você quer encontrar tudo em um único lugar, acesse o hotsite do Red Canids Kalunga. Nele, você encontra mais informações sobre o time e também adquiri tudo o que você precisa para montar um setup campeão. Pronto para o combate? Com a garra da matilha e os equipamentos certos, nenhum adversário será páreo para você!